Vereadores apresentam projetos de lei e indicações à prefeitura na primeira sessão ordinária do ano

Em 02, fevereiro, 2021
Vereadores apresentam projetos de lei e indicações à prefeitura na primeira sessão ordinária do ano

Leitura de três Projetos de Lei vetados pelo prefeito também foram anunciados

A Câmara de Duque de Caxias realizou na terça-feira (02) a primeira Sessão plenária do mês de fevereiro com a presença de 25 vereadores e presidida pelo vereador Celso do Alba (MDB). O primeiro secretário Claudio Thomaz (DEM), fez a leitura do Expediente do Dia.

Na pauta, três Projetos de Lei foram vetados totalmente pelo prefeito Washington Reis, através das mensagens de nº 03/2021, 04/2021 e 05/2021. O primeiro veto foi para o PL de nº 178/2020, que considera Órgão de Utilidade Pública. O segundo, de nº 183/2020, denomina logradouro público a Praça Maria Fernandes de Araújo, que será construída no loteamento Olavo Bilac, bairro Periquito (1º distrito). O terceiro veto, o de nº 184/2020, denomina a UBS Pastora Rosângela Cristina Oliveira do Couto um equipamento público a ser implementado no bairro Periquito.

Em seguida, o secretário Claudio Thomaz leu a mensagem do prefeito Washington Reis de nº 06/2021, que institui o Programa Municipal de Aprendizagem de Duque de Caxias, denominado “Primeira Chance”. A leitura prosseguiu com o Projeto de Resolução de nº 001/2021, da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Duque de Caxias, que consiste em modificar os dispositivos da resolução nº 1.835/2000 referente ao regimento interno da Casa. Thomaz prosseguiu relatando quinze indicações dos outros vereadores, um requerimento e seis processos. Logo após foi aberta a tribuna para a manifestação dos demais vereadores.

O vereador Vitinho Grandão (SD) falou sobre o impacto que a venda da Cedae provocará no município. “Várias comunidades usam a água de forma gratuita, e se a Cedae for privatizada, o que será que vai acontecer? Se as cobranças vierem altas, os moradores dessas comunidades não terão condições de pagar a água que consomem. Hoje, estou aqui pedindo a discussão de propostas para entendermos o que vai acontecer em Caxias após a venda da Cedae”, disse.

“Nós, moradores de Duque de Caxias não aguentamos mais o descaso da Cedae com a nossa cidade. Precisamos buscar uma solução, porque foi para isso que fomos eleitos. Temos que ter atitude”, completou em seguida o vereador Alex Freitas (SD), prestando apoio a Vitinho. O vereador Catiti (AVANTE) também teve a oportunidade de expor suas considerações referentes à privatização da empresa.

“Essa privatização vai realmente acabar com a esperança da população mais carente de ter o acesso a água. Temos que ficar atentos, porque o sofrimento é muito grande, causado pela geosmina e a contaminação que eles deixam acontecer”, expôs o vereador do AVANTE.

Em seguida o presidente Celso do Alba passou a palavra para o vereador Alex da Juliana do Táxi (MDB), que se mostrou contra a privatização da Cedae. “Se a gente não abrir o olho, o povo vai ficar do lado da privatização da Cedae, por causa do descaso que está acontecendo. E isso não vai ser bom. Essa água vai chegar, mas vai chegar com custo de dez vezes mais do que a população paga hoje. Não podemos deixar isso acontecer de mão beijada, temos que lutar. Fazer audiências públicas e trazer o povo para cá para explicarmos o que é privatização”, falou Alex, que ainda pediu melhorias para a empresa estadual de água e esgoto e aproveitou também para fazer críticas às empresas de ônibus que atuam no município, que de acordo com ele está uma situação caótica.

A vereadora Leide (PRB) também falou sobre a Cedae. “O prefeito Washington Reis esteve nesta semana com o Drº Humberto, diretor da unidade da Cedae em Duque de Caxias, e mostrou as suas iniciativas, mesmo não sendo da sua competência, mas mais uma vez ele se mostrou à frente, pois pretende começar as obras de abastecimento de água no 2º distrito, beneficiando 150 mil pessoas”, comentou ela.

O vereador Alex Freitas (SD) agradeceu a Secretaria Municipal de Saúde por atender a sua solicitação de incluir os agentes Saúde e de Endemias no plano de vacinação contra a Covid-19. “Nós acompanhamos todos esses agentes que foram imunizados e é uma satisfação muito grande ver que Duque de Caxias tem sido um exemplo não só no estado, como no Brasil”, expressou ele.

Ao subir à tribuna, o vereador Drº Maurício (AVANTE) pediu um minuto de silêncio em respeito às vidas perdidas durante a pandemia. Em seguida, elogiou as ações do prefeito de Caxias na luta contra o coronavírus: “temos um prefeito que pegou a cidade falida sucateada que conseguiu fazer tudo o que está sendo feito na área da saúde desta cidade”.

“Tenho um sonho de ver a comunidade com saneamento básico, iluminação e água na torneira. E ver projetos de Lei que beneficia os menos favorecidos”, disse a vereadora Fernanda Costa (MDB).

Júnior Uios (MDB) fez críticas aos transportes da cidade. Ele expressou o desejo de ter um modelo novo, como existe na China com tarifas únicas.

A sessão terminou com o presidente Celso do Alba dando boas-vindas para os novos vereadores. “Fiquei muito atento com os discursos dos nossos novos colegas. Quero dizer que não existe ninguém mais importante nesta Casa. Todos nós somos iguais. Fomos eleitos pelo voto popular e tenho certeza que nós faremos o melhor. Temos a ajuda de um prefeito ‘fazedor’ que é o Washington Reis. Ele é um líder merecedor de toda honra e que Deus possa abençoar a vida dele. Faremos história juntos nessa 19º legislatura. Me coloco a disposição para transformar a vida das pessoas e tornar Duque de Caxias um exemplo de cidade. Sejam bem-vindos!”, finalizou Celso, que e em seguida parabenizou a vereadora Fernanda Costa (MDB), aniversariante do dia.

xnxx أشرطة الفيديو الجنس porno bokep xxx xvideos Xvideos XNXX Porno videos pornos de angola