Vereadores apresentam demandas ao Executivo

Em 20, agosto, 2020
Vereadores apresentam demandas ao Executivo

 

A Câmara Municipal de Duque de Caxias realizou sessão plenária, em 20 de agosto. O vereador Marcos Tavares (AVANTE) presidiu a reunião e convidou Catiti (AVANTE) para secretariar os trabalhos da Mesa Diretora e fazer a leitura do Expediente do Dia.

O vereador Marquinho da Ótica (PDT) solicitou ao Executivo que, principalmente nos dias úteis, entre às 22h e 1h da manhã, sejam disponibilizadas viaturas da Guarda Municipal na Avenida Presidente Vargas e na Rua Dr. Plínio Casado (nos acessos à Estação de Trem de Duque de Caxias) e no Viaduto Paulo Lins (próximo à Câmara), a fim de ampliar a sensação de segurança nesses locais.

Kiko Xerém (PATRIOTA) sugeriu a construção de calçada e o asfaltamento na Estrada do Marambaia, bairro Xerém, no 4º. Distrito. O vereador Catiti apresentou duas indicações: na primeira, requereu a reforma geral da praça, localizada na confluência das Ruas Ana Porto e Odete Costa Barros, no Centro; e na segunda, a revisão da iluminação pública e reforma geral do antigo Campo do Caladão, na Avenida Manoel Duarte, bairro Parque Lafaiete, no 1º. Distrito. Já o vereador Marcos Tavares (AVANTE) solicitou estudo no sentido de implementar o Programa “Caxias Cidade Luz” nos bairros São Jorge e Vila Itamarati/ Itatiaia e na localidade conhecida como “Paraopeba”, no 1º. Distrito.

O vereador Clovinho Sempre Junto (PATRIOTA) apresentou requerimento consignando Moções de Aplausos ao auxiliar de serviços gerais, Marcelo Santos Cerejo, pelos serviços prestados na Unidade Básica de Saúde (UBS) Calundu; e o vereador Wendell (PSDB) consignou Moção de Congratulações à estudante Ysabelle Martins da Cruz.

Marcos Tavares, requereu à Mesa Diretora, regimentalmente, que seja enviado ofício à Secretária Municipal de Educação para que esta remeta à Casa Legislativa, informações sobre a climatização das unidades de ensino da Rede Municipal de Educação.

O secretário Catiti ainda leu os requerimentos do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), encaminhando cópia da Ata da Assembleia Extraordinária, do mês de julho, que foi publicada no Boletim Oficial nº.6875/2020; e da Secretaria Municipal de Governo encaminhando, para ciência da Câmara, o Termo de Convênio nº.001/2020 – CONVERJ, celebrado entre o Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Saúde e o Município de Duque de Caxias, sobre a gestão do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes.

Após a leitura do Expediente do Dia, abriu-se para a manifestação dos vereadores. Zezinho do Mineirão (PSL) cobrou a limpeza na Vila São Luiz. Por meio de fotos, ele mostrou a situação de diversas ruas, chamando a atenção para o período chuvoso e os bueiros entupidos. Sugeriu ainda a construção de um local, como a Fazenda Paraíso (destinada para receber dependentes químicos), para atendimento os idosos.

O vereador Junior Uios (DEM) comentou sobre a saúde no município e as ações da atual administração. Destacou que Duque de Caxias atende cerca de 60% dos moradores de outras cidades. Disse ainda que as solicitações dos moradores são todas encaminhadas ao Executivo que tem buscado sanar os problemas. Ele também voltou a falar sobre a precariedade do transporte público e as constantes reclamações dos serviços prestados pelas empresas que, no momento, trabalham sob liminar, e sugeriu a realização de Audiência Pública com os empresários para debater a situação.

O vereador Kiko Xerém salientou “total falta de respeito” com a população, citando que alguns ônibus não circulam após um período da noite e que outros, simplesmente, pararam de trafegar em determinados lugares.

Junior Uios ainda comentou sobre a postura opressora e desrespeitosa de dois servidores da saúde que atuam no Hospital Dr. Moacyr do Carmo. O vereador Marcos Tavares prontamente disse que será enviado ofício à Secretaria Municipal de Saúde para instituição de sindicância a fim de apurar os fatos.

A saúde em Duque de Caxias foi também comentada pelo vereador Catiti. Ele citou o número de atendimentos a pacientes de outros municípios que vêm acarretando atrasos nas entregas dos exames de sangue. Destacou que a saúde tem sido prioridade e que os vereadores estão fiscalizando as ações do Executivo.

O vereador Marcos Tavares reiterou os problemas com o transporte público, como a falta de horários, ônibus sucateados e o fato de ainda não ter havido a licitação. Ele pediu a união de todos da Casa, do Ministério Público e do DETRO para reverterem o problema que afeta milhares de cidadãos. Junior Uios, vice-presidente da Comissão de Transportes da Câmara, ressaltou que os vereadores estão defendendo o direito da população e que algumas empresas alegam que a restrição de horários é devido à falta de passageiros. Ele apontou que, com isso, o transporte alternativo está retornando para Duque de Caxias.

xnxx أشرطة الفيديو الجنس porno bokep xxx xvideos Xvideos XNXX Porno videos pornos de angola