Câmara repercute inauguração do Centro Oncológico de Duque de Caxias

Em 27, setembro, 2018
Câmara repercute inauguração do Centro Oncológico de Duque de Caxias

 

Durante sessão plenária desta quinta-feira, dia 27, na Câmara Municipal de Duque de Caxias, os vereadores repercutiram a inauguração do Centro Oncológico localizado na Avenida Governador Leonel de Moura Brizola, 490, Centro da Cidade, que realizará atendimentos nas especialidades de quimioterapia e radioterapia dos pacientes encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde.

“Nosso prefeito tem se esforçado e hoje inaugurou no Município o Centro de Tratamento ao Câncer, que vai ajudar muito na saúde ou na recuperação dos pacientes da nossa Cidade. Parabenizo o prefeito e agradeço ao secretário de saúde, doutor José Carlos, pelo brilhante trabalho a frente daquela pasta”, disse o vereador Beto Gabriel (PV).

“Com todas as dificuldades que o país enfrenta, o prefeito conseguiu parcerias para oferecer esse Centro Oncológico aos nossos munícipes, que precisavam se direcionar ao Rio de Janeiro para se tratar”, ressaltou o vereador Gilberto Silva (PPS).

Líder do governo na Câmara, o vereador Nivan Almeida (PRP) fez uma observação. “A inauguração desse Centro Oncológico é uma das maiores conquistas para a Baixada Fluminense. Essa é também uma resposta a quem critica a nossa Cidade, que também ganhará nos próximos meses uma área para cirurgia oncológica no Hospital Moacyr do Carmo.”

“Só quem convive de perto com pessoas em tratamento dessa doença sabe o quanto Duque de Caxias ganhou com esse Centro Oncológico, aproveito para parabenizar o prefeito pela sensibilidade. Só de precisar se deslocar ao Rio de Janeiro o tratamento se tornava ainda mais penoso”, afirmou a vereadora Juliana do Táxi (PSD), presidente da Comissão de Saúde da Câmara, que relatou uma denúncia envolvendo uma unidade de atendimento na Vila Operária. “É inadmissível que o paciente tenha uma consulta agendada para as 13h e tenha que chegar ao posto às 7h para garantir seu lugar. Se a consulta está marcada, não vejo essa necessidade. Admito meu erro enquanto presidente da Comissão em não ter verificado isso ainda, mas amanhã mesmo estarei na unidade e levarei o caso ao prefeito.”