Câmara recebe audiência da Alerj sobre economia solidária

Em 03, julho, 2017
Câmara recebe audiência da Alerj sobre economia solidária

A Frente Parlamentar em Defesa da Economia Popular Solidária do Estado do Rio de Janeiro, presidida pelo deputado estadual Waldeck Carneiro (PT), realizou audiência pública na Câmara Municipal de Duque de Caxias nesta segunda-feira, dia 3, para debater sobre o tema com o segmento da Cidade.

“Agradeço à Câmara pela cessão do espaço. Temos realizado audiências públicas itinerantes porque é importante que nos desloquemos ao encontro dos municípios, procurando estimular a construção de instâncias importantes para instituir políticas públicas em defesa da economia solidária. Desejamos que a economia popular solidária tenha seu espaço claramente definido”, defendeu o deputado Waldeck Carneiro.

Representante do Centro de Defesa da Vida, Ana Lúcia Luparelli ressaltou que questões referentes à economia solidária são transversais às demais políticas públicas. “Dentro do Centro de Defesa da Vida temos projeto de prevenção à violência doméstica e de geração de renda a mulheres vitimadas, a maioria através da economia solidária.”

Membro do Fórum Municipal de Economia Solidária, Cláudio Amaro destacou que abrange vários segmentos da sociedade. “Precisamos em Duque de Caxias formar nosso conselho municipal e criar um plano municipal para continuarmos nossa luta em busca de políticas públicas. É preciso mostrar à sociedade que a agricultura familiar existe e é ativa em Caxias.”

Integrante do Fórum de Economia Solidária do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Antunes afirmou que existem 25 fóruns estaduais no País. “Não é a toa que esse movimento existe, milhões de pessoas vivem da economia popular solidária. Precisamos de uma lei que nos ampare e garanta nosso espaço.”

Reforçando a necessidade de fortalecer a base da economia solidária, o representante da Secretaria Municipal de Assistência Social, Vinícius Veiga, se deixou à disposição. “Apesar de não ser papel da Assistência Social, seremos difusores e propagadores da economia solidária. A partir dessas discussões que se iniciam políticas públicas de verdade, por isso é necessário o envolvimento da população.”

Sugerindo que as ações anteriores sejam aglutinadas no conselho, o representante da Secretaria Municipal de Trabalho e Renda falou sobre agenda participativa. “Precisamos de maior aproximação com o Fórum para avançarmos ao Conselho Municipal. As ações ligadas à economia solidária não acontecem de forma isolada, precisamos lutar por um centro comercial, pois temos uma economia forte em Caxias.”

Secretária Municipal de Cultura, Daniele Reis garantiu que a Prefeitura está aberta ao diálogo. “Desde o primeiro momento nos colocamos à disposição para avançar nessa questão, não somente a Cultura, mas todas as secretarias, pois trabalhamos em conjunto pelo bem da Cidade. O prefeito Washington Reis foi pioneiro em 2005, quando adquiriu legumes e verduras da agricultura familiar para a merenda escolar. Hoje, a Secretaria de Educação já está nesse propósito e temos a Caisan trabalhando nessa vertente.”