Câmara homenageará “in memoriam” o ex-deputado Ampliato Cabral

Em 11, setembro, 2018
Câmara homenageará “in memoriam” o ex-deputado Ampliato Cabral

 

O expediente despachado na sessão plenária desta terça-feira, dia 11, na Câmara Municipal de Duque de Caxias, contou com a propositura de uma homenagem póstuma ao ex-deputado Ampliato Cabral, falecido em abril deste ano.

“Parabenizo o vereador Junior Reis pela feliz iniciativa em homenagear uma pessoa que foi percussora da educação em Duque de Caxias, o professor Ampliato Cabral, dedicado ao magistério, detentor do que podemos chamar de cultura geral e com grande domínio da administração pública. Foi um visionário e trouxe para Caxias grandes inovações. Peço celeridade no processo legislativo para realizar a justa homenagem”, disse o vereador Gilberto Silva (PPS), acrescentando um detalhe pessoal. “Foi uma honra ter sido colega de ônibus do deputado Ampliato Cabral, que não usava carro oficial para se deslocar ao seu gabinete na Alerj, era uma pessoa muito simples.”

“Fico feliz com o conhecimento de vossa excelência sobre a performance do amigo Ampliato Cabral, uma pessoa que orgulha a todos nós. É um histórico importante para se registrar nos anais dessa Casa. A Câmara está homenageando uma pessoa que enobrece essa Cidade e, por isso, está de parabéns”, ressaltou o vereador Nivan Almeida (PRP).

Presidente do Legislativo Municipal, o vereador Sandro Lelis (PSL) destacou a presença do filho do homenageado. “Recebemos hoje nessa Casa o Carlos Ampliato, que é subsecretário de Receita no Município. Fizemos a leitura do projeto que vai homenagear seu pai, o deputado Ampliato Cabral, que representou muito bem o Estado do Rio de Janeiro e em especial a cidade de Duque de Caxias.”

O presidente finalizou a sessão plenária com uma informação importante aos professores municipais. “Recebi representantes do Sepe em meu gabinete antes da sessão para uma conversa que foi muito amigável e respeitosa. Deixo aqui registrado que pedi a inclusão do projeto destinado aos professores no expediente da sessão plenária de quinta-feira, dia 13, para fazermos a leitura.”