Vereadores repercutem audiência com servidores da Saúde

Em 21, novembro, 2017
Vereadores repercutem audiência com servidores da Saúde

A audiência pública que debateu as condições de trabalho nas unidades da rede municipal de Saúde, realizada pela Câmara Municipal, foi repercutida entre os vereadores durante sessão plenária desta terça-feira, dia 21, quando também foram levantados outros temas.

“Tratamos a questão do atraso salarial dos funcionários. Sabemos que estamos enfrentando uma crise financeira, mas temos que ver com o governo mecanismos para buscar soluções. Não somos contra a construção do hospital do olho e do cemitério, só estamos pedindo prioridades. Vamos cuidar do nosso servidor”, destacou o vereador Cláudio Thomaz (Podemos).

“A audiência foi muito proveitosa, o secretário de Saúde se fez presente para debater e buscar mecanismos para entregar soluções aos servidores”, ressaltou o vereador Marcos Tavares (PSDC).

“Essa audiência foi ao encontro dos interesses não só dessa Casa, mas também do governo. Pude observar o depoimento de uma enfermeira que definiu de forma clara sua insatisfação e trouxe informações importantes para que a Administração possa buscar resolver os problemas”, afirmou o vereador Nivan Almeida (PRP).

“Foi um momento importante para a vida da Cidade e foi um grande sucesso, uma vez que durante a audiência já foi agendada uma nova reunião entre o secretário de Saúde e os servidores. Iniciativas como essa vêm contribuir com a Administração”, disse o vereador Gilberto Silva (PPS).

“Parabenizo os vereadores Marcos Tavares e Cláudio Thomaz pela iniciativa de realizar a audiência e aproveito para lamentar a ausência dos deputados de nossa Cidade. Estou à disposição de todos nessa luta”, declarou o vereador Guilherme é a esperança (Podemos.)

Presidente do Legislativo, o vereador Sandro Lelis (PSL) fez uma observação. “Sabemos do momento difícil que a Cidade enfrenta e ano que vem é ano de eleição. Precisamos de deputados parceiros, que tenham compromisso com a Cidade para trazer verbas. A população é inteligente e vai saber escolher.”

Requerimentos – Ainda na sessão plenária, o vereador Junior Uios (PT) levantou outras questões. “Por que temos dificuldades em receber as informações requeridas por cada vereador? Nossa função é fiscalizar, mas sem informação fica difícil. Estamos fazendo requerimentos e não estão sendo respondidos”, assegurou, emendando mais uma denúncia. “Passei por duas situações em estacionamentos da Cidade que não fazem emissão de nota fiscal. Precisamos estar atentos à sonegação de impostos nos estacionamentos.”